domingo, 23 de abril de 2017

Candomblé é melhor que umbanda?

Não.O Candomblé é diferente de umbanda.
Em primeiro lugar no Candomblé a nossa descoberta é muito pessoal,exceto para os que precisam realmente ter dentro da religião um cargo de pai ou mãe de santo,ou ekedi e assim precisam dar continuidade pois com a sua missão fazem caridade no terreiro,principalmente a mãe de santo.
Todos no Candomblé trabalham para o.bem comum,preparando ebós,e também cuidando dos seus orixás mas a umbanda trabalha com consultas,passes e sessões para caridade.
Na umbanda todo chamado implica em fazer a caridade,pois esse é o princípio da Umbanda.
Claro que o Candomblé também ajuda ao próximo,mas as mães e pais de santo cobram,oque na umbanda nem sempre acontece.É para ajudar precisam"olhar"os búzios para saber o que a pessoa precisa.
E se os trabalhos são pagos não é tudo caridade.
Quando você faz o seu orixá no Candomblé ele está cobrando,se você fizer e der suas obrigações sem se aprofundar ou exercer cargo você pode ser um filho de santo sem fazer caridade.Porém você tem essa necessidade e precisa fazer o orixá para equilibrar sua vida.Ou seja é algo pessoal.
Mas se quiser pode sim ajudar,pois há e para tudo porém poucos fazem sem cobrar.
Não condeno pois se você pagou para ser feito e para jogar você tem o direito de cobrar;tudo é caro na religião.
A ajuda vem sim mas não são todos os adeptos que se doam,já na umbanda tem que se doar,caso contrário estará ferindo o princípio da Umbanda,que é a caridade.
O Candomblé nos ajuda com ebós,são trabalhos feitos para muitas finalidades já na umbanda geralmente são banhos,passes e trabalhos diferentes dependendo da linha.
As vezes a entidade só promete ajudar no astral,sem passar trabalho para o consulente.
a umbanda as entidades já tiveram vida e falam,no Candomblé não falam e embora tenham lendas,são orixás,forças!
Resolvem de forma diferente os mesmos problemas,portanto ambas religiões podem nos dar aquilo que buscamos,desde que tenhamos fé.


2 comentários:

Maiara Dias disse...

Adorei as postagens, acompanho o site sempre e gostaria de fazer um pedido.
Gostaria muito de saber mais sobre a profissão de Garota de Programa que segue a linha da Umbanda, os riscos que correm com a troca de energias no sexo com varias pessoas e como isso é levado (tratado) dentro da religião. Uma garota de programa pode trabalhar em uma casa? Deve sempre fazer oferendas para se proteger? Pode prestar atendimento na casa? Um assunto polemico, no qual não acho em muitos lugares dizendo a respeito.

Obrigada por todas as informações prestadas até hoje.

Grata

RENATA DA CIGANA MORGANA disse...

Não entendi bem...você quer saber como a religião trata o tema?
O corpo é sagrado mas se a pessoa está nessa profissão pode sim fazer oferendas nesse sentido porém trabalhar com as entidades prestando caridade com o corpo "sujo"difícil.Nunca pode haver sexo em casas de santo,isso nunca coube na umbanda mas se você for uma garota de programa para receber guias precisa fazer ebós e tomar banhos.
É uma troca de energia onde se vende o sexo que é uma energia porém não dá pra viver os dois ao mesmo tempo;tera que dar um tempo de um para se dedicar ao outro.
Pode-se fazer sim trabalhos para ter clientes!
Um forte abraço e axé!